Desafio Alimentação Consciente


A Alimentação Consciente (do inglês, Mindful Eating) é muito mais do que uma linha teórico-prática dentro da área comportamental da nutrição. O Mindful Eating é uma filosofia de vida, proveniente do Mindfulness (em português, Atenção Plena), uma filosofia que promove o viver no presente, com atenção e aceitação, com curiosidade e sem julgamento.


O Mindful Eating traz esses mesmos princípios para o nosso comer. Alimentar-se de uma forma Mindful significa comer com atenção, explorando o momento, descobrindo os sabores, sem julgar o alimento e a experiência, e aprendendo sobre sua relação com o corpo e a comida.


E essa forma de se alimentar – Mindful Eating - é um dos hábitos saudáveis mais falados na atualidade e também é o mais subestimado.


Os sites que se autodenominam de “saúde e bem-estar” adoram promover as vantagens de se voltar a comer devagar, saboreando a comida. Mas, isso não é levado a sério pelas pessoas que desejam perder peso ou cuidar de seu bem-estar.


Provavelmente, isso acontece porque na realidade a alimentação consciente é uma proposta enganosamente simples e incrivelmente difícil de colocar em prática na cultura atual.


A grande maioria das pessoas nem mesmo tem certeza do que realmente é comer com atenção plena. E aí elas falam: "Eu tento comer com atenção plena" e logo voltam a comer como sempre comeram na correria do dia a dia e esperam que um dia, por mágica, consigam comer de forma consciente. Estão enganadas.


Mindful Eating e o Emagrecimento


A Alimentação Consciente é algo realmente incrível se você conseguir transformá-la num hábito.


É sabido que a maioria dos programas de perda de peso não funciona a longo prazo. Cerca de 85% das pessoas com obesidade que perdem peso retornam ou excedem seu peso inicial dentro de alguns anos (11).


Compulsão alimentar, alimentação emocional, comer fora de casa por impulso e a alimentação em resposta aos desejos alimentares têm sido associadas ao ganho e recuperação de peso após uma perda bem-sucedida (confira estudos a respeito: 12, 13, 14 e 15).


Estudos atuais já comprovam que concentrar-se na experiência de comer com atenção plena tem um impacto muito maior na saciedade do que o conteúdo energético da refeição. Quando você pratica a Alimentação Consciente durante a refeição você vai ficar saciado mais rápido, consequentemente você vai comer menos quantidade e isso vai impactar na perda de peso. (1)


A prática da Alimentação Consciente também ajuda a aumentar sua consciência dos gatilhos que fazem você querer comer, mesmo que não esteja necessariamente com fome (2). Ao conhecer seus gatilhos, você pode criar um espaço entre eles e sua resposta, oferecendo tempo e liberdade para escolher como reagir (3).


Para algumas pessoas, a Alimentação Consciente é a última peça do quebra-cabeça para eliminar finalmente aqueles últimos quilos persistentes!


Falando por mim mesma, a Alimentação Consciente me ajudou a me sentir novamente no controle dessa experiência tão importante que é se alimentar. Na correria do dia a dia eu não me permitia sentar com calma para comer. É uma verdadeira necessidade para quem é CLT, com 1 h para almoçar e ainda ir ao médico ou ao banco, resolver as coisas dentro do horário comercial. Quem não se identifica?


E também me ajudou na questão das dietas. Quando eu estava fazendo alguma dieta, um dos péssimos hábitos alimentares que desenvolvi foi devorar minha comida com pressa sempre que me sentava pra comer algo.


O comer com pressa foi desencadeado por uma combinação de fome extrema (já que restringia minha alimentação e não comia quando queria) e a culpa que sentia por ceder à fome, fazendo com que comesse bem rápido para acabar logo com aquele sentimento. Certamente esses não foram os meus melhores momentos.


Comer com consciência foi que me deu força para sair desse padrão alimentar disfuncional e voltar a apreciar a deliciosa comida da qual tenho a sorte de ter acesso.


Mas, como achei difícil voltar a comer normal.


Ao longo dos anos, minhas tentativas para comer consciente eram mais ou menos assim:

Eu pensava: "Comer consciente é incrível, com certeza vou tentar isso amanhã".


No dia seguinte (café-da-manhã): sentava à mesa para tomar um café com pão, dava uma mordidinha e entre uma mastigada e outra lembrava: “tenho que ver com está o trânsito para ir trabalhar, ver se aconteceu alguma coisa enquanto estava dormindo..." O café da manhã desaparece enquanto você olha nas redes sociais.


Opa. Aí você garante a si mesma: "No almoço vou me concentrar para comer com atenção plena".

Na hora do almoço, se senta e lembra: "Puxa! Esqueci-me de enviar um e-mail para aquela mulher sobre o que eu preciso arranjar até às 14h de hoje. É melhor eu comer rapidinho"...

Se perde nos e-mails e vídeos de gatinhos.


Garante a si mesma mais uma vez: "Na jantar, com mais calma, eu juro que vou conseguir".

Preparo o jantar maravilhoso, ponho a mesa, senta todo mundo, começam a comer como esfomeados, um falatório, e seu plano de alimentação consciente mais uma vez vai por água abaixo.


E aí, com a determinação renovada você promete a si mesma, amanhã eu tento de novo. Vou colocar um alarme para me lembrar.


E assim foi... Tentei alarmes, aplicativos, exercícios respiratórios, contava as mastigações, comia com pauzinhos e um milhão de coisas para me forçar a desacelerar e mastigar.


Por fim, largava o garfo toda vez que percebia que estava com comida na boca. Isso até que me ajudou a desacelerar e mastigar mais os alimentos, mas não vou dizer que me ajudou a me concentrar na comida e apreciá-la mais. Me ajudou principalmente a não engasgar.


Foi só no ano passado, depois de mais de 5 anos, que encontrei uma abordagem que realmente me ajudou a comer de forma consciente todos os dias.

Percebi que um dos meus problemas foi que eu comecei com a Alimentação Consciente com a mentalidade errada:


Comer com atenção plena não é algo para TENTAR ou QUERER FAZER, é uma prática em que você se COMPROMETE a fazer.


Na verdade, eu estava esperando que o momento certo surgisse para que a prática da alimentação consciente fosse fácil ou conveniente (aprendi da maneira mais difícil que isso nunca acontece).

Quando se trata de comer com atenção plena, você deve decidir quando vai praticar e fazer acontecer.

"Não tente. Faça... ou não faça. Não há tentativa."

- Yoda

 

Como começar


Ao invés de ficar esperando se lembrar de comer com atenção plena, se comprometa. Escolha apenas uma refeição no dia para comer com atenção plena. Só isso!


A desculpa que eu dava a mim mesma quando não conseguia praticar a Alimentação Consciente era que não tinha tempo. "Hoje meu dia está insano! Vou tentar mais tarde."


No fundo, eu só queria usar esse tempo para fazer outras coisas (ler, enviar e-mail, podcast, redes sociais) e enganei a mim mesma acreditando que ser workaholic era mais produtivo. E não é.


Comer uma refeição com atenção plena requer de 10 a 15 minutos e não mais. E esse não é um tempo a mais que você precisa tirar no seu dia, afinal, você tem que tomar esse tempo no seu dia para comer alguma mesmo. Depois você tira o resto do seu intervalo para fazer qualquer outra coisa e comer com atenção plena não vai te impedir.


Sabe por que evitamos comer de forma consciente (e práticas conscientes em geral)? Não é por falta de tempo. É porque é muito difícil nos concentrarmos no momento presente e as recompensas não são imediatas.


As vantagens da Alimentação Consciente te parecem boas e você até que gostaria de tê-las. Mas, como são abstratas e você nunca as experimentou diretamente, não é algo em que você esteja disposta a priorizar.


E o negócio é o seguinte: você precisa se comprometer em praticar para superar o desafio. É preciso experimentar as recompensas para o hábito se instalar.


Hoje estou apresentando o Desafio Alimentação Consciente de 5 Dias para te ajudar a começar a comer consciente.


Para participar, basta entrar na página do desafio e se comprometer a fazer pelo menos uma refeição com atenção plena durante cinco dias.


Depois, vá para o grupo do Desafio Mindful Eating no Facebook para eu saber que você está firme no compromisso!!


A partir de segunda-feira enviarei um breve e-mail diário e um vídeo para te avisar sobre o que está por vir e com as orientações para começar a praticar, como superar os obstáculos mais comuns.


Antes de terminar o desafio na sexta-feira, você terá uma base sólida para continuar sua prática de alimentação consciente e manter esse hábito para sua vida.


Se você já tentou praticar a Alimentação Consciente outras vezes e não conseguiu, então o Desafio Alimentação Consciente é ideal para você.


É um compromisso simples de praticar. Apenas uma vez por dia durante cinco dias, o que lhe dará a experiência necessária para continuar com seu padrão alimentação consciente nos próximos anos.


E o melhor de tudo... é grátis.


Basta acessar a página do Desafio Alimentação Consciente, preencher seu nome e e-mail para participar do Desafio Mindful Eating.